Sexta, 31 Maio 2013 21:02

Justiça derruba liminar e libera amistoso da seleção no Maracanã 71 Destaque

Escrito por 
Classifique este artigo
(0 votos)

fifa-para-a-copa-das-confederacoe

A Justiça do Rio de Janeiro liberou a realização do amistoso entre Brasil e Inglaterra neste domingo, a partir das 16h (horário de Brasília). Nesta quinta-feira, a decisão liminar que proibia a partida foi derrubada por recurso do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Assim, o jogo que marcará a reinauguração oficial do Maracanã poderá ocorrer conforme o planejado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e o governo estadual. 

A partida havia sido suspensa na tarde de quinta-feira. A juíza Adriana Costa dos Santos, da 13ª Vara de Fazenda do Rio de Janeiro, decidiu proibir a realização do jogo para zelar pela segurança dos torcedores.

Segundo a juíza, a CBF e o governo do Rio não haviam providenciado os laudos que comprovariam as condições de segurança do Maracanã. Sem esses laudos, o estádio, que ainda passa por obras para receber os jogos da Copa das Confederações, não poderia abrigar uma partida de futebol.

"Apesar das inúmeras solicitações feitas pelo Ministério Público, os laudos não foram entregues em sua totalidade, não havendo, até o momento, a comprovação de que o estádio apresenta os requisitos mínimos necessários para a realização de jogos ou eventos", informou a juíza, na sua decisão. "O único laudo apresentado pela Policia Militar de 29 de maio de 2013, demonstra que o referido estádio ainda esta em fase de construção."

Assim que a Justiça suspendeu o jogo, o governo informou que iria recorrer da decisão. Segundo o Estado, a falta dos laudos se deveu a "uma falha burocrática". À Rádio Tupi, o secretário estadual de Esportes, André Lazaroni, ainda garantiu a realização da partida.

"O jogo vai ser realizado. Temos um laudo parcial do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), e até amanhã [sexta-feira] concluiremos o restante. Além disso, já temos o laudo dos bombeiros. O estádio está 100% pronto para receber o torcedor com segurança", disse ele.

Veja abaixo a nota oficial do Governo do Rio de Janeiro sobre a revogação da liminar:

A juíza de plantão no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro revogou a liminar que suspendia o jogo 'Brasil x Inglaterra', dia 2/6, no Maracanã, mediante recurso do Governo do Estado com a apresentação do laudo da PM que comprova o cumprimento de todas as regras de segurança no Maracanã. O laudo não havia sido entregue à Suderj por *falha burocrática*. O jogo entre Brasil e Inglaterra está confirmado para o dia 2/6 com as plenas condições de segurança atestadas.

Reforma

O Maracanã está em reforma desde 2010 para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014. Quando anunciada, em setembro daquele ano, a obra tinha um custo de R$ 600 milhões e deveria terminar em dezembro de 2012.

O tempo passou e o custo subiu. O governo chegou à conclusão de que a demolição da cobertura do estádio era necessária. Com isso, o custo da reforma chegou a R$ 859 milhões. Neste mês, o governo publicou um aditivo do contrato da reforma do estádio. A obra passou a custar R$ 1,049 bilhão. Juntando outras adequações adicionais e outros contratos já assinados, as adequações só no estádio já custam R$ 1,12 bilhão.

O "imponderável" foi o culpado pelo aumento de 87% no custo da reforma do Maracanã para a Copa do Mundo segundo o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral.

Após seu governo assinar o décimo aditivo do contrato da obra no estádio e comprometer-se a pagar R$ 1,12 bilhão pelas adequações que inicialmente custariam R$ 600 milhões, Cabral afirmou que uma "série de variáveis não esperadas" ocasionou a alteração no orçamento.

Conforme o custo da obra ia subindo, sua entrega também ia sendo adiada. Quando o governo decidiu reconstruir a cobertura, ela passou para o final de fevereiro. Depois, no início deste ano, o governo anunciou que a reforma só acabaria 27 de abril.

Em março, o governo e as construtoras acordaram um novo prazo para o fim das obras. O nono aditivo do contrato da reforma foi assinado prevendo que o trabalho terminasse no dia 24 de maio, ou seja, na sexta-feira. O mesmo prazo vale para as obras da área intramuros, que foram contratadas separadamente. A data-limite, porém, não foi cumprida. Na semana passada, o Maracanã passou ao controle da Fifa inacabado.

Reinauguração

Mesmo não estando 100% concluído, o Maracanã será reinaugurado neste domingo, com o jogo entre Brasil e Inglaterra. Esse será o primeiro evento aberto ao público sediado pelo estádio desde seu fechamento para reforma.

No final de abril, o Maracanã recebeu um evento-teste para a Copa das Confederações. Na oportunidade, ocorreu uma partida entre amigos de Ronaldo Nazário e colegas do ex-jogador Bebeto. O jogo foi disputado com as obras de reforma no estádio a pleno vapor. Não houve venda de ingressos, apenas convidados puderam entrar. Só metade do estádio estava aberta. A outra, em obras, estava coberta por tapumes e um rigoroso esquema de segurança, que mantinha jornalistas e convidados longe do canteiro. Do lado fora, o que se via era entulhos, operários trabalhando e máquinas em operação em todo o entorno da arena.

Um segundo teste do Maracanã para a Copa das Confederações estava marcado para o dia 15 de maio. Ele, porém, foi cancelado sem maiores explicações do governo do Rio de Janeiro. Assim, o jogo será o primeiro realmente aberto antes da Copa das Confederações.

Ler 1513 vezes

1 comentário

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.